Câmera Canon EOS-1D X

Modelo: Câmera Canon EOS-1D X
Disponibilidade: Solicitar Orçamento
R$ 29.699,00
  • Fabricante: Canon
  • Categoria: DSLR
  • Prós: Corpo robusto e alta velocidade de disparo contínuo
  • Contras: O preço oficial no mercado nacional é alto, inviabilizando alguns usos
  • Avaliação: 90 / 100

Teste completo

A Canon EOS-1D X, full frame top de linha dentre as profissionais da marca, substitui dois modelos. Dotada do processador Dual Digic 5+ e de um sensor CMOS de 18 megapixels (MP), ela aposenta tanto a 1Ds Mark III, de 21 MP, voltada para estúdio, como a 1D Mark IV, com sensor de 16 MP no formato APS-H (fator de corte de 1,3x), direcionada sobretudo a fotojornalistas.

Apesar de não chegar à mesma resolução da 1Ds, ela atinge velocidade de disparo maior do que a oferecida pela 1D Mark IV – 12 imagens por segundo (ims) contra 10 ims da antecessora. Segundo a Canon, a 1D X vem com sensor completamente renovado, o que reflete em um melhor desempenho nas altas resoluções e na reprodução de cores. Seu processador é cerca de 17 vezes mais rápido do que o Digic 4, usado pela EOS 1D Mark IV.

A EOS-1D X também ganhou novo sensor para leitura de cena, com 100 mil pixels, que funciona em conjunto com o sistema de foco automático baseado em 61 pontos, tornando-o ainda mais rápido. As sensibilidades oferecidas pela câmera foram expandidas, indo agora de ISO 100 a 51.200, expansível em 50 e alcançando até 204.800.

Em relação aos recursos de filmagem, a EOS-1D X apresenta as mesmas configurações oferecidas pela EOS 5D Mark III, incluindo duas opções de compressão, a saída para fone de ouvido e a resolução máxima de captura de full HD em 30 fps e HD em 60 fps. A Canon parece ter segurado um pouco a mão no incremento de melhorias na captura de vídeo de suas DSLRs por conta do lançamento da nova linha C, voltada especialmente para o mercado de cinema digital.

No caso da 1D X, a câmera é claramente direcionada a fotógrafos,já que a empresa lançou pouco tempo depois a EOS-1D C, versão com os mesmos 18 MP de resolução destinada a filmmakers – ela faz capturas de vídeo com a alta resolução de 4K (4.096 x 2.160 pixels).

Com relação à concorrência, a Canon 1D X enfrenta a Nikon D4, de 16 MP. O preço oficial no Brasil é o mesmo da D4: R$ 35 mil, apenas o corpo.

 

Engenharia e design

Pesada e maciça, a EOS-1D X é voltada para profissionais que trabalham em situações extremas e precisam de equipamento ágil, confiável, resistente e com grande autonomia de uso. A câmera é um “tijolo”, apresentando empunhaduras amplas com acabamento emborrachado e um peso total de 1.340 gramas.

1DX_ENGENHARIA

O visor de pentaprisma na top de linha é ainda mais amplo que o da 5D Mark III, com magnificação de 0,76x e cobertura de 100%, tendo incorporado o nível virtual, ativo na horizontal e na vertical de forma simultânea. O visor vem com cortina para fechamento, operação indicada para evitar a entrada de luz durante longas exposições.Já a correção de dioptria tem acesso difícil.

O monitor de três polegadas fica um pouco ressaltado em relação ao resto do corpo, o que causa contato constante com o rosto do fotógrafo. A Canon 1D X vem ainda com dois displays LCD, no topo e na parte traseira do corpo, que exibem informações sobre exposição e principais configurações.

A 1D X tem entrada para dois cartões de memória no padrão Compac Flash (CF), outro avanço comparado às antecessoras. Também passou a contar com conexão Ethernet para tornar mais rápida a conexão e troca de dados com o computador.

O modelo não ganhou saída para fone de ouvido, como foi o caso da 5D Mark III, uma indicação que a câmera não foi feita tendo em vista os profissionais de vídeo. Todas as conexões estão situadas na lateral esquerda da DSLR, incluindo a que é voltada ao acessório WF T-E6A para transmissão de fotos sem fio.

A forma de abrir o compartimento dos cartões de memória traz segurança, mas é pouco prática, pois envolve dois movimentos, sendo preciso levantar e girar uma peça pequena, situada abaixo da alavanca de acionamento, na parte traseira da câmera.

A 1D X tem grip vertical incorporado, onde vai encaixada a grande bateria LPE4N (11.1 v 2.450 mAh), cuja autonomia é prevista para cerca de 1.120 disparos. A colocação da bateria é feita de maneira rápida e segura, por meio de uma trava giratória – sendo que a tampa vai encaixada na própria bateria. O carregador vem com entrada para duas baterias, que são carregadas sucessivamente.

O grip vertical tem empunhadura confortável e conta com as principais regulagens necessárias ao manuseio da câmera durante os disparos, incluindo previsão de profundidade de campo. Uma pequena trava na lateral direita da EOS-1D X permite desativar os botões do grip vertical para evitar disparo involuntário.

 

Interface

A EOS 1D X é repleta de botões, que ajudam no rápido acesso das principais regulagens: modos de foco, disparo e medição, compensação de exposição e flash, balanço de branco e sensibilidade ISO. Um botão posicionado ao lado do display LCD traseiro é usado para definir formato, tamanho e qualidade das imagens gravadas. No visor, são indicadas a pasta e o número do arquivo, além do cartão usado no momento. A alavanca de acionamento da câmera, na parte traseira, ao lado do monitor, poderia ser melhor localizada. Já na parte dianteira do modelo, ao lado do botão de previsão de profundidade de campo, a Canon colocou outro botão parecido, que tem função personalizada pelo usuário. Ambos estão duplicados, para permitir acesso também quando se fotografa na posição vertical.

A 1D X dispensa o disco de modo de exposição, que é selecionado por meio do botão MODE. Os modos disponíveis se reduzem ao essencial: P (programa), Av (prioridade de abertura),Tv (prioridade de velocidade), M (manual), Bulb (longa exposição) e C (customizado). A câmera oferece opção de regulagem automática da sensibilidade ISO.

A 1D X filma em full HD com qualidade profissional. Contudo, do ponto de vista da interface, ela não é uma câmera voltada para filmmakers. Parece que a Canon decidiu separar os modelos 1D X e 1D C, buscando direcionar o público que trabalha com vídeo para este último. Ao menos a 1D X ganhou botão para acesso direto do modo de imagem ao vivo, situado ao lado direito do visor, ao alcance do dedão.

Para acionar a filmagem, é preciso, em primeiro lugar, que a opção esteja ativada via menu. Quando está selecionada a captura de fotos, não é possível fazer vídeos. Além disso, não há botão dedicado ao acionamento e interrupção de filmagem. A câmera vem configurada para usar o botão M-Fn para tal função. Ele fica ao lado do disparador, mas é pequeno e desconfortável. Faz falta o prático comando com alavanca para alternar entre captura de foto e vídeo e botão para acesso rápido à filmagem, presentes nas EOS 5D Mark III e 7D.

No modo de exibição de imagens, o amplo disco giratório situado na traseira permite passagem rápida entre as fotos armazenadas no cartão. O zoom é regulado pelo disco superior, e a navegação no interior das imagens é feita via joystick. A EOS-1D X ganhou um joystick adicional para a posição vertical.

A top de linha da Canon oferece ainda um menu de disparo que reúne as principais regulagens, acionado pela tecla Q, que fica do lado direito do monitor.

 

Recursos

É nos recursos que a 1D X se sobressai, confirmando seu direcionamento ao público de profissionais que depende de rapidez no gatilho para trabalhar. Ela atinge a impressionante velocidade de 12 imagens por segundo (ims) no disparo contínuo, mantendo foco e exposição ativos. Com as duas funções travadas e o espelho levantado, chega a incríveis 14 ims. Os disparos sucessivos em alta velocidade permitem capturar até 180 fotos em JPEG e 38 em RAW.

A 1D X conta com quatro opções de múltipla exposição, que pode ser feita com disparos simultâneos ou por diferentes arquivos. A DSLR profissional da Canon ganhou novo sensor de cena para regulagem automática de balanço de branco e medição de luz, com 100 mil pixels. O sensor trabalha em conjunto com o foco automático de 61 pontos para deixar seu funcionamento mais rápido e efetivo.

O foco automático teve sua configuração facilitada com a criação de um menu com seis opções pré-programadas de comportamento para atender diferentes condições de uso.Também ganhou novo desenho para otimizar o acompanhamento de temas em movimento.

A 1D X gera filmes em full HD (1080p, 24, 25 e 30 fps) e HD (720p, 24, 25, 30, 50 e 60 fps). Conta com a possibilidade de escolha entre dois modos de compressão de vídeo: ALL-I (bitrate de até 685 MB/min) e IPB (235 MB/min). Ela também tem compatibilidade com o padrão de timecode usado pelo mercado de vídeo para facilitar o processo de edição.

A 1D X é uma câmera para fotografar usando principalmente o visor. O modo de imagem ao vivo demora um pouco para ser acionado e o foco automático nessas condições ainda é bastante lento, sobretudo se comparado ao sistema de foco usado ao fotografar pelo visor. O recurso não funciona durante a captura de vídeos. Um dos pontos positivos do sistema é a opção de detecção automática de rosto, que funciona bem.

Com o uso do joystick situado na parte traseira da câmera, o fotógrafo pode posicionar o ponto de foco com rapidez em qualquer posição do enquadramento. O botão SET é usado para voltar o ponto ao centro. Quando se usa o foco manual no modo de imagem ao vivo, o botão da lupa serve para aproximar a região de foco em 5x e 10x, para garantir precisão.

A 1D X tem opção de disparo silencioso, interessante por permitir que essa “gigante” seja menos ruidosa e mais discreta. O recurso é útil para cobertura de eventos que exigem silêncio, como peças de teatro.

É o caso de analisar com carinho se os recursos avançados oferecidos pela EOS-1DX realmente valem o investimento de R$ 35 mil, pois a full frame EOS 5D Mark III conta com resolução maior e custa a metade do preço.

 

Qualidade de imagem

1dx_qualidade

 

 

Fotos feitas com a câmera

 

Foto 1: 70 mm, ISO 400 1/200s, f/4, WB auto / Foto: Diego Meneghetti

Foto 2: 52 mm, ISO 640, 1/40s, f/4, WB auto / Foto: Diego Meneghetti

 

Especificações

1dx_detalhes

 

Ficha técnica

  • Sensor: CMOS full frame (36 x 24 mm) de 18 MP
  • Monitor: LCD de 3,2”, com 1.040 mil pontos
  • Visor: pentaprisma com 100% de cober tura
  • Armazenamento: slot para dois cartões Compact Flash
  • Resolução máxima de imagem: 5.184 x 3.456 pixels
  • Objetiva: encaixe EF
  • Gravação da imagem: JPEG, RAW (CR2) e combinado RAW+JPEG
  • Vídeo: full HD (30, 25 e 24 fps), áudio mono
  • Balanço de branco: full HD (30, 25 e 24 fps), áudio mono
  • Velocidades: 1/8000s a 30s
  • ISO: 100 a 51.200, em passos de 1/3 de ponto (expansível até 204.800)
  • Perfis de cor: sRGB, Adobe RGB
  • Autofoco: 61 pontos
  • Modos de exposição: auto, manual, programa, prioridade de abertura e de velocidade, bulb
  • Disparos contínuos: 12 imagens por segundo
  • Alimentação: bateria LP-E4N (11,1 v, 2.450 mAh

 

Fazer um comentário

Obs: Não há suporte para o uso de tags HTML.
Ruim           Bom